Proposta tira R$ 10 bilhões do orçamento secreto para a garantia de salários na enfermagem

O objetivo de uma PEC no Senado seria garantir o pagamento de novos salários para enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e parteiras no Brasil

www.brasil247.com - Câmara dos Deputados ao fundo, uma enfermeira (no círculo debaixo) e dinheiro em espécie no outro círculo
Câmara dos Deputados ao fundo, uma enfermeira (no círculo debaixo) e dinheiro em espécie no outro círculo (Foto: ABR)


247 - Parlamentares do Congresso Nacional analisam uma nova proposta que prevê a retirada de R$ 10 bilhões do orçamento secreto previsto para 2023. O objetivo seria garantir o pagamento de novos salários aprovados pelo governo federal para a enfermagem no Brasil, sendo R$ 4.750 para enfermeiros, R$ 3.325 para técnicos de enfermagem e R$ 2.375 para auxiliares de enfermagem e parteiras. 

Jair Bolsonaro (PL) encaminhou um gasto total de R$ 149,9 bilhões ao enviar para o Congresso uma proposta para gastos com a saúde em 2023. O valor ficou abaixo dos R$ 150,5 bilhões autorizados neste ano. Mas, de acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, o ocupante do Planalto reservou R$ 9,9 bilhões da Saúde para o orçamento secreto, usado para a compra de apoio parlamentar. 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso suspendeu a decisão. Em consequência, integrantes da secretaria geral do Senado conversaram sobre uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 22, que teve a assinatura de 27 senadores e prevê a retirada de R$ 9,9 bilhões do orçamento secreto para a área de saúde em 2023. A ideia é bancar os custos salariais. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email