PSOL pede que Supremo autorize investigação de bolsonarista que ameaçou Felipe Neto

A bancada do PSOL protocolou uma petição no STF pedindo a investigação contra Leandro Cavalieri, homem que ameaçou o youtuber Felipe Neto

Felipe Neto
Felipe Neto (Foto: Reprodução (Globo))
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A bancada do PSOL protocolou na sexta-feira (31) uma petição no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a investigação contra Leandro Cavalieri, homem que ameaçou o youtuber Felipe Neto e que se intitula "guerreiro de Bolsonaro". Os pessolistas também protocolaram um requerimento na CPMI das Fake News. 

O rapaz parou com um carro de som em frente à casa do influenciador digital e gritava no microfone: "Chega, chega! Cadê você, Felipe Neto?". 

O PSOL disse que o homem também faz parte do grupo que lançou fogos de artifício no STF, no mês passado, em Brasília.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), prometeu acelerar lei contra fake news após ataque ao youtuber. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247