PSOL requer agenda de Moro para saber se ele atuou a favor da ‘Moro de saias’ no TSE

"Moro usou seu cargo para tentar influenciar o TSE em favor da Senadora Selma Arruda, cassada por Caixa 2. R$ 1,2 milhão não declarado e ele tem coragem de dizer que foi um mero equivoco", diz o deputado Ivan Valente

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Do BR2pontos – O líder do PSOL na Câmara, deputado Ivan Valente (SP), apresentou um requerimento ao Ministério da Justiça pedindo informações sobre a agenda do ministro Sérgio Moro.

O parlamentar quer saber se o ministro da Justiça realizou algum encontro ou reunião com integrantes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entre os dias 20 de novembro e 10 de dezembro e quais os temas tratados nos encontros.

O pedido foi feito um dia depois de reportagem divulgada na imprensa que apontava a atuação direta de Moro sobre ministros do TSE para tentar convencê-los da inocência da senadora Selma Arruda (Podemos-MT).

A grave ação do ministro da Justiça, que pode ter agido como advogado direto de uma condenada por corrupção, não adiantou. Na última terça-feira (10), a Corte cassou o mandato da senadora por abuso de poder econômico e prática de caixa dois na campanha de 2018. Selma Arruda é conhecida como “Moro de saias”, em referência a sua atuação quando era juíza em Mato Grosso.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247