PT condena violência da PM em Brasília

"A Bancada do PT repudia veementemente a violência contra os manifestantes e atribui toda responsabilidade desses fatos a Michel Temer, que já devia ter retirado de tramitação a MP 746 bem como excluído a educação do corte de gastos da PEC 55", diz nota distribuída pelo deputado Afonso Florence (PT-BA), líder da bancada

Brasília - Deputado Afonso Florence, líder do PT na Câmara dos Deputados, fala com jornalistas. (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Brasília - Deputado Afonso Florence, líder do PT na Câmara dos Deputados, fala com jornalistas. (Antonio Cruz/Agência Brasil) (Foto: Leonardo Attuch)

Brasília 247 – Em nota distribuída ontem, o Partido dos Trabalhadores condenou a violência policial contra os manifestantes que protestaram contra a PEC 55. Confira:

Nota da Bancada do PT

A Polícia Militar do Distrito Federal reprimiu violentamente nesta terça-feira (29) estudantes que protestavam contra a PEC 55 e a Medida Provisória 746/2016, que desmonta o ensino médio brasileiro.

A Bancada do PT repudia veementemente a violência contra os manifestantes e atribui toda responsabilidade desses fatos a Michel Temer, que já devia ter retirado de tramitação a MP 746 bem como excluído a educação do corte de gastos da PEC 55.

A Bancada rechaça a justificativa do governo do DF de que havia provocadores infiltrados para legitimar a repressão. Cabe ao Estado identificar infiltrados e provocadores, para contê-los e garantir manifestações democráticas dos cidadãos. Rechaça igualmente as acusações a movimentos sociais.

Reiteramos apoio à luta do povo brasileiro contra a PEC 55 e aos estudantes contra a MP 746.

Brasília, 29 de novembro de 2016
Afonso Florence (BA)

Líder do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados​

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247