Relator altera proposta do governo sobre porte de armas

O deputado Alexandre Leite (DEM-SP), relator do projeto que tratada posse e do porte de armas, sugeriu mudanças em relação ao texto enviado pelo governo federal, entre as quais, a retirada do trecho que previa concessão do porte a categorias profissionais por regulamento.

CCJ do Senado pode votar nesta quarta suspensão do decreto das armas
CCJ do Senado pode votar nesta quarta suspensão do decreto das armas
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado Alexandre Leite (DEM-SP), relator do projeto que tratada posse e do porte de armas, sugeriu mudanças em relação ao texto enviado pelo governo federal, entre as quais, a retirada do trecho que previa concessão do porte a categorias profissionais por regulamento.

Leite ainda propôs a mudança da "inclusão das regras para caçadores, atiradores e colecionadores que constava de um projeto do Senado."

A reportagem do portal G1 destaca que "o direito ao porte é a autorização para transportar a arma fora de casa. É diferente da posse, que só permite manter a arma dentro de casa. A proposta em discussão na Câmara foi enviada pelo governo em junho, logo após a revogação de dois decretos que facilitavam o porte de armas de fogo, editados pelo presidente Jair Bolsonaro."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email