Relator desidrata projeto de trânsito de Bolsonaro

Deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA) não atendeu alguns pedidos de Jair Bolsonaro, como o aumento do número de pontos para cassação da Carteira Nacional de Habilitação, de 20 para 40

Juscelino Filho e Jair Bolsonaro
Juscelino Filho e Jair Bolsonaro (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados (edited) Valter Campanato/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA), relator do projeto de Jair Bolsonaro que flexibiliza regras do Código de Trânsito Brasileiro, alterou a versão do seu parecer entregue nesta sexta-feira (13) à comissão especial da Câmara, informa o BR Político.

Entre os pedidos de Bolsonaro não atendidos está o aumento do número de pontos para cassação da Carteira Nacional de Habilitação, de 20 para 40. "O motorista perde o documento se houver duas ou mais infrações gravíssimas com 20 pontos; 30, com apenas uma infração gravíssima, ou 40, sem nenhuma infração gravíssima", conta a reportagem.

"Também haverá escalonamentos no prazo de renovação da CNH para motoristas com até 65 anos e acima dessa idade. O projeto do Executivo passava de 5 para 10 anos para o primeiro grupo e de 3 para 6 para os com faixa etária mais alta", diz.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247