Renan se nega a votar fim do foro privilegiado

Alvo de 12 inquéritos no STF (Superior Tribunal Federal), o presidente do Senado, Renan Calheiros, não pretende votar o projeto que acaba com a prerrogativa de foro para políticos ainda em 2016; texto, do senador Álvaro Dias (PV-PR), teve parecer favorável do colega Randolfe Rodrigues (Rede-AP), mas a votação emperrou ainda na Comissão de Constituição e Justiça do Senado

Presidente do Senado Federal, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), concede entrevista. Foto: Pedro França/Agência Senado
Presidente do Senado Federal, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), concede entrevista. Foto: Pedro França/Agência Senado (Foto: Giuliana Miranda)

Brasília 247 - Alvo de 12 inquéritos no STF (Superior Tribunal Federal), o presidente do Senado, Renan Calheiros, não pretende votar o projeto que acaba com a prerrogativa de foro para políticos ainda em 2016. O texto, do senador Álvaro Dias (PV-PR), teve parecer favorável do colega Randolfe Rodrigues (Rede-AP), mas a votação emperrou ainda na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

As informações são da Coluna do Estadão.

“O Álvaro tem uma preferência pelo fim da prerrogativa de foro especial porque talvez ele queira ser julgado em três instâncias”, ironizou Renan, em conversa com a Coluna.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247