Rocha Loures, o homem da mala de Temer, se cala na PF

Ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB), ex- assessor de Michel Temer flagrado com uma mala de R$ 500 mil em propina da JBS que tinha Temer como destinatário, ficou em silêncio na primeira audiência realizada pela Polícia Federal para ouví-lo, nesta sexta-feira (9), em Brasília; o Termo de Declarações informa que Richa Loures, "por orientação da sua defesa técnica", decidiu lançar "mão do direito de permanecer em silêncio"; homem de confiança de Michel Temer já está no presídio da Papuda 

Ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB), ex- assessor de Michel Temer flagrado com uma mala de R$ 500 mil em propina da JBS que tinha Temer como destinatário, ficou em silêncio na primeira audiência realizada pela Polícia Federal para ouví-lo, nesta sexta-feira (9), em Brasília; o Termo de Declarações informa que Richa Loures, "por orientação da sua defesa técnica", decidiu lançar "mão do direito de permanecer em silêncio"; homem de confiança de Michel Temer já está no presídio da Papuda 
Ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB), ex- assessor de Michel Temer flagrado com uma mala de R$ 500 mil em propina da JBS que tinha Temer como destinatário, ficou em silêncio na primeira audiência realizada pela Polícia Federal para ouví-lo, nesta sexta-feira (9), em Brasília; o Termo de Declarações informa que Richa Loures, "por orientação da sua defesa técnica", decidiu lançar "mão do direito de permanecer em silêncio"; homem de confiança de Michel Temer já está no presídio da Papuda  (Foto: Aquiles Lins)

Brasília 247 - O ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB), ex- assessor de Michel Temer flagrado com uma mala de R$ 500 mil em propina da JBS que tinha Temer como destinatário, ficou em silêncio na primeira audiência realizada pela Polícia Federal para ouví-lo, nesta sexta-feira (9), em Brasília.

O Termo de Declarações, ao qual a TV Globo teve acesso, informa que Richa Loures, "por orientação da sua defesa técnica", decidiu lançar "mão do direito de permanecer em silêncio."

O ex-deputado ficou detido na carceragem da PF até a quarta-feira (7), quando foi transferido para o Complexo Penitenciário da Papuda, também em Brasília.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247