Rollemberg sobre onda de greves: “Servidores estão sendo bem tratados”

governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB) respondeu à ameaça de greve de diversas categorias durante liberação de verba - R$ 3,5 milhões - destinada aos agricultores familiares na manhã desta terça-feira (20/2); “É importante os servidores olharem o que está acontecendo em outras unidades da Federação para ver como eles estão sendo bem tratados recebendo os seus salários rigorosamente em dia”, disse

Brasília- DF- Brasil- 18/04/2015- Em comemoração ao aniversário de 55 anos de Brasília, o Governador do DF, Rodrigo Rollemberg, homenageia os pioneiros que participaram da construção da Capital ( Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Brasília- DF- Brasil- 18/04/2015- Em comemoração ao aniversário de 55 anos de Brasília, o Governador do DF, Rodrigo Rollemberg, homenageia os pioneiros que participaram da construção da Capital ( Marcelo Camargo/Agência Brasil) (Foto: Charles Nisz)

Brasília 247 - O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB) respondeu à ameaça de greve de diversas categorias durante liberação de verba – R$ 3,5 milhões  – destinada aos agricultores familiares na manhã desta terça-feira (20/2). “É importante os servidores olharem o que está acontecendo em outras unidades da Federação para ver como eles estão sendo bem tratados recebendo os seus salários rigorosamente em dia”, disse.

Os servidores preparam paralisações e greves para cobrar reajustes anunciados desde o início da gestão. O governo sempre usou os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal para negar os reajustes. Agora, em ano eleitoral, os servidores cobram o cumprimento da promessa. Questionado sobre a chance de os servidores receberem aumentos salariais, o governador disse que o assunto “não está em pauta no momento”. Contudo, não fechou as portas.

Assistentes sociais, policiais civis, agentes socioeducativos e funcionários da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) já anunciaram que vão cruzar os braços nos próximos dias. Nesta terça-feira (20/2), servidores do Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) votam indicativo de greve.

Em nota, o GDF informou que “não é possível arcar com novos reajustes sem uma nova fonte contínua de receitas”. Sobre o diálogo com as categorias disse que “conta com 32 mesas permanentes de negociação, que mantêm encontros periódicos com diversos sindicatos, sob condução da Subsecretaria de Relações do Trabalho e do Terceiro Setor da Casa Civil”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247