“Salsichinha” late para deputado Hildo Rocha, que ameaça matar cachorro a tiros

A confusão, segundo os vizinhos, teria começado com Babi, uma dachshund, popular “salsichinha”, que perseguiu o deputado, latindo contra ele

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Metrópoles - O que era para ser um momento de lazer e brincadeira com os bichinhos, no fim da tarde de domingo (5/4), no gramado localizado entre as quadras 202 e 203 Norte, apelidado pelos moradores de “campinho dos cachorros”, acabou rendendo um boletim de ocorrência por “ameaça” na Polícia Civil do DF.

De acordo com frequentadores do local, o deputado Hildo Rocha (MDB-MA), também morador dos arredores, saiu para caminhar e terminou ameaçando dar tiros nos cachorros que o perseguissem.

A confusão, segundo os vizinhos, teria começado com Babi, uma dachshund, popular “salsichinha”, que perseguiu o deputado, latindo contra ele.

O ataque foi levado a sério pelo parlamentar, que, segundo relatos, acabou não aceitando as desculpas da dona de Babi.

Segundo o boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil on-line, Rocha ameaçou voltar armado da próxima vez e dar tiros em cachorros da quadra que repetissem o “ataque” durante o momento de atividade física do parlamentar.

O Metrópoles teve acesso ao boletim registrado pela dona do cachorro, que aponta duas testemunhas.

A reclamante, que pediu para não ter o seu nome divulgado temendo represálias, informou, segundo o BO, que, “durante o horário do passeio dos cachorros da quadra e arredores, o dep. federal Hildo Rocha, que estava caminhando por perto, se assustou com os cachorros que ali brincavam e fez ameaça de, na próxima vez que comparecesse àquele local, iria levar sua arma e iria atirar nos cachorros que ali se encontrarem”, diz o documento.

“Após ser reconhecido por uma das frequentadoras do local, o referido Sr. refez seu caminho em direção a ela e exaltado e nervoso alegou que ela teria mandado seu pet morder o então deputado. O que não aconteceu e, no pouco que fora gravado por outras pessoas presentes, se é possível ver que todos os cachorros ali não apresentaram qualquer reação de raiva ou de fúria para cima de ninguém”, registra o BO.

“Depois de perceber que estava sendo filmado no local, e de ser puxado por sua esposa, o então deputado se retirou do local, deixando as demais pessoas assustadas com a atitude dele de ameaçar portar em público, por ciência e própria conveniência, arma de fogo e, ainda, alegar que iria usá-la. Após tentativas de acalmarem uma gestante do grupo, todos se dispersaram do local com medo”, finaliza o relato.

Discussão

Testemunhas contaram que, logo após as ameaças, outros moradores que estavam no campinho começaram a filmar a discussão entre o deputado e a dona da cachorrinha.

No vídeo, ao se ver reconhecido, Rocha ainda tentou dizer que não era deputado. “Quem disse que eu sou representante (do povo)?”

A dona de Babi disse reconhecer o deputado e citou o seu nome: “O senhor acha que não sei quem é o senhor?”. O deputado respondeu: “Sabe nada”.

Ela, então, disparou: “Deputado Hildo Rocha, MDB do Maranhão”, citou. “Lá dentro o senhor é uma pessoa e aqui o senhor é outra”, disse, enquanto o deputado se retirava do local.

O deputado então reclamou enquanto andava: “Por que você colocou o seu cachorro para me morder?”. Ela respondeu: “Nenhum lhe mordeu”.

Ele reclamou novamente: “Mas você botou para me morder”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email