Sara Winter usa livros de Alexandre de Moraes como suporte de sofá

Provocação aparece em fotos do noivado da bolsonarista, publicadas nas redes sociais; ministro Alexandre de Moraes é relator de dois inquéritos em que ela é investigada

Sara Winter, Giovane Rodrigues e Alexandre de Moraes
Sara Winter, Giovane Rodrigues e Alexandre de Moraes (Foto: Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - A extremista bolsonarista Sara Geromini, que se autodenomina Sara Winter, utilizou livros do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, como suporte de sofá. A provocação aparece em fotos do noivado dela, realizado na noite do último domingo (28), e que foram publicadas nas redes sociais.

Moraes é relator de dois inquéritos em que Sara é investigada, o que apura a rede de fake news bolsonarista, incluindo ameaças aos ministros da Corte, e o sobre a organização de atos golpistas. Presa preventivamente no último dia 15, Sara deixou a penitenciária na semana passada, mas é obrigada a ficar em casa e é monitorada por tornozeleira eletrônica.

Ela ficou noiva de Giovane Rodrigues, em cerimônia com alguns amigos dentro da residência. Na foto que registra o beijo do casal e em outras que mostram uma sala da casa, é possível ver uma pilha de livros sustentando um dos lados do sofá.

 

Leia mais na Fórum.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247