“Se eu cair, todo mundo cai”, disse Bolsonaro em reunião de ministros

“Acordem para a política e se exponham, afinal de contas o governo é um só”, cobrou Jair Bolsonaro

(Foto: Marcos Correa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em vídeo da reunião ministerial do 22 de abril, Jair Bolsonaro afirmou que se ele for derrubado, todos os ministros também serão. “Se eu cair, todo mundo cai”, declarou. Para ele, os ministros têm o dever de se expor e defendê-lo das críticas publicamente.

“Acordem para a política e se exponham, afinal de contas o governo é um só. E se eu cair, cai todo mundo. Agora vamo ca […] se tiver que cair um dia, vamos cair lutando, uma bandeira justa. Não por uma babaquice de exame a antivírus, pô”, falou.

O vídeo que foi divulgado é assunto de inquérito que investiga a interferência de Bolsonaro na Polícia Federal - que foi denunciada pelo ex-ministro Sergio Moro. Na reunião, o presidente disse que era preciso mudar a “segurança” do Rio de Janeiro e reforçou: “não vou esperar alguém foder minha família toda”. 

Inscreva-se na TV 247 e assista à integra da reunião ministerial: 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247