Senado aprova repatriação de recursos mantidos no exterior

Por 41 a 27, o Senado aprovou o PLC 186/2015, que trata da repatriação de recursos mantidos no exterior não declarados à Receita Federal; a matéria segue à sanção presidencial; segundo a proposta, brasileiros e estrangeiros residentes no país poderão declarar todo o patrimônio lícito mantido fora do Brasil, ou já repatriado, mas ainda não declarado, existente até o dia 31 de dezembro de 2014

Por 41 a 27, o Senado aprovou o PLC 186/2015, que trata da repatriação de recursos mantidos no exterior não declarados à Receita Federal; a matéria segue à sanção presidencial; segundo a proposta, brasileiros e estrangeiros residentes no país poderão declarar todo o patrimônio lícito mantido fora do Brasil, ou já repatriado, mas ainda não declarado, existente até o dia 31 de dezembro de 2014
Por 41 a 27, o Senado aprovou o PLC 186/2015, que trata da repatriação de recursos mantidos no exterior não declarados à Receita Federal; a matéria segue à sanção presidencial; segundo a proposta, brasileiros e estrangeiros residentes no país poderão declarar todo o patrimônio lícito mantido fora do Brasil, ou já repatriado, mas ainda não declarado, existente até o dia 31 de dezembro de 2014 (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Por 41 a 27, o Senado aprovou o PLC 186/2015, que trata da repatriação de recursos mantidos no exterior não declarados à Receita Federal. A matéria segue à sanção presidencial.

O texto foi aprovado no dia 2 de dezembro pela Comissão Especial do Desenvolvimento Nacional e recebeu parecer favorável do relator, Walter Pinheiro (PT-BA). O colegiado também aprovou o pedido de urgência para a votação em Plenário.

Segundo a proposta, brasileiros e estrangeiros residentes no país poderão declarar todo o patrimônio lícito mantido fora do Brasil, ou já repatriado, mas ainda não declarado, existente até o dia 31 de dezembro de 2014.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email