Lula já tem dois votos por sua liberdade: 2 a 1

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal pausou temporariamente o julgamento do segundo HC da defesa do ex-presidente Lula, que denuncia a suspeição de Sergio Moro como juiz do processo do triplex, e discute a liberdade imediata, de forma liminar, até que o caso volte a ser julgado posteriormente; Gilmar e Lewandowski são favoráveis à liberdade; Fachin é contra

(Foto: Lula Moro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal julga neste momento o segundo habeas corpus da defesa do ex-presidente Lula nesta terça-feira 25, que denuncia a suspeição de Sergio Moro como juiz do processo do triplex.

Há pouco, a 2a Turma negou por 4 a 1 o primeiro habeas corpus de Lula, com voto favorável de Ricardo Lewandowski, e era relacionado a uma decisão monocrática do ministro Felix Fischer no STJ.

O primeiro ministro a se posicionar é Gilmar Mendes, que lê um voto de 40 páginas. Ele havia pedido vista do julgamento do recurso no ano passado, que foi suspenso na ocasião.

Já haviam votado contra a suspeição de Moro, no ano passado, a ministra Cármen Lúcia e o ministro Edson Fachin. Falta ainda nesta terça, após Gilmar, o voto de Celso de Mello.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email