Lula já tem dois votos por sua liberdade: 2 a 1

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal pausou temporariamente o julgamento do segundo HC da defesa do ex-presidente Lula, que denuncia a suspeição de Sergio Moro como juiz do processo do triplex, e discute a liberdade imediata, de forma liminar, até que o caso volte a ser julgado posteriormente; Gilmar e Lewandowski são favoráveis à liberdade; Fachin é contra

(Foto: Lula Moro)

247 - A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal julga neste momento o segundo habeas corpus da defesa do ex-presidente Lula nesta terça-feira 25, que denuncia a suspeição de Sergio Moro como juiz do processo do triplex.

Há pouco, a 2a Turma negou por 4 a 1 o primeiro habeas corpus de Lula, com voto favorável de Ricardo Lewandowski, e era relacionado a uma decisão monocrática do ministro Felix Fischer no STJ.

O primeiro ministro a se posicionar é Gilmar Mendes, que lê um voto de 40 páginas. Ele havia pedido vista do julgamento do recurso no ano passado, que foi suspenso na ocasião.

Já haviam votado contra a suspeição de Moro, no ano passado, a ministra Cármen Lúcia e o ministro Edson Fachin. Falta ainda nesta terça, após Gilmar, o voto de Celso de Mello.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247