Torquato ignora Lava Jato e diz que indulto de Temer será mantido

O ministro da Justiça, Torquato Jardim, ignorou as pressões da Lava Jato e disse que não "nenhuma chance" de que Michel Temer reveja o indulto concedido a presos por crimes não violentos; porta-voz da força-tarefa, o procurador Deltan Dallagnol se disse insultado por Temer, que chegou ao poder por meio de um golpe que contou com a sua colaboração

O ministro da Justiça, Torquato Jardim, ignorou as pressões da Lava Jato e disse que não "nenhuma chance" de que Michel Temer reveja o indulto concedido a presos por crimes não violentos; porta-voz da força-tarefa, o procurador Deltan Dallagnol se disse insultado por Temer, que chegou ao poder por meio de um golpe que contou com a sua colaboração
O ministro da Justiça, Torquato Jardim, ignorou as pressões da Lava Jato e disse que não "nenhuma chance" de que Michel Temer reveja o indulto concedido a presos por crimes não violentos; porta-voz da força-tarefa, o procurador Deltan Dallagnol se disse insultado por Temer, que chegou ao poder por meio de um golpe que contou com a sua colaboração (Foto: Leonardo Attuch)

247 – O ministro da Justiça, Torquato Jardim, ignorou as pressões da Lava Jato e disse que não "nenhuma chance" de que Michel Temer reveja o indulto concedido a presos por crimes não violentos, a não ser se houver uma ordem judicial por parte do Supremo Tribunal Federal.

O porta-voz da força-tarefa, o procurador Deltan Dallagnol se disse insultado por Temer, que chegou ao poder por meio de um golpe que contou com a sua colaboração (saiba mais aqui).

Torquato deu suas declarações à Folha de S. Paulo (leia aqui).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247