Vicente Pires comemora três anos de fundação

Cidade faz aniversário com nova iluminação pública; CEB substituiu mais de 1,2 mil pontos de iluminação na cidade; governo pretende revitalizar também o sistema de captação de águas pluviais e melhorar as ruas da cidade

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasília - A Região Administrativa de Vicente Pires completa neste sábado três anos de criação. Pela primeira vez, a cidade vai passar seu aniversário com iluminação adequada. A Companhia Energética de Brasília (CEB) trocou mais de 1,2 mil pontos de iluminação que haviam sido instalados pelos próprios moradores, no início de fundação da localidade.

A rede de esgoto é outra novidade. Desde 2011, a Administração Regional, em parceria com a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), trabalha para a implantação do serviço.

Trânsito seguro

Para garantir um trânsito seguro, houve o recapeamento de 35 Km de ruas, a operação tapa-buracos restaurou as vias e o estacionamento próximo à Feira do Produtor foi pavimentado. Os pedestres ganharam quatro quilômetros de calçadas, três de meio fio e aproximadamente 25 rampas de acessibilidade. Além disso, foi implantada rede de águas pluviais em três pontos críticos que causavam alagamento e precisavam com urgência de atenção.

Está prevista a construção de uma ponte no Córrego Vicente Pires para ligar a marginal da Estrutural à pista do Jóquei, um pedido antigo da comunidade. Em breve, a Companhia urbanizadora da Nova Capital (Novacap), fará a duplicação da Rua 04 A. No local, uma das principais entradas de Vicente Pires, há um grande fluxo de carros e pessoas e precisa de melhorias.

Projetos

Até o final de 2012, será implantado o sistema de captação de águas pluvias em toda a cidade. De acordo com o administrador, apenas alguns pontos críticos da RA contam com esse serviço público e a população sofre com problemas de alagamento. "O projeto executivo já está pronto. A previsão é de que as obras comecem este ano", confirma.

Regularização

Vicente Pires está mais perto de conseguir a regularização. Segundo o administrador, os próximos passos para a legalização da região são a aprovação do projeto urbanístico e a autorização e licença do  Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e pelo Conselho do Meio Ambiente do Distrito Federal (Conam-DF). Na cidade, residem cerca de 75 mil pessoas. "A regularização da região permitirá que o governo leve mais serviços públicos a população e viabilizará a melhoria da infraestrutura da cidade", informa Dirsomar Chaves.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247