Vídeo mostra PMs atirando com armas de fogo contra manifestantes

Imagens divulgadas pelo site do jornal O Globo são reveladoras: mostram policiais militares do Distrito Federal sacando armas de fogo e atirando contra manifestantes durante o protesto desta quarta-feira na Esplanada dos Ministérios, que deixou mais de 50 feridos e uma pessoa baleada com arma de fogo; o registro foi do fotógrafo André Coelho; assista

Imagens divulgadas pelo site do jornal O Globo são reveladoras: mostram policiais militares do Distrito Federal sacando armas de fogo e atirando contra manifestantes durante o protesto desta quarta-feira na Esplanada dos Ministérios, que deixou mais de 50 feridos e uma pessoa baleada com arma de fogo; o registro foi do fotógrafo André Coelho; assista
Imagens divulgadas pelo site do jornal O Globo são reveladoras: mostram policiais militares do Distrito Federal sacando armas de fogo e atirando contra manifestantes durante o protesto desta quarta-feira na Esplanada dos Ministérios, que deixou mais de 50 feridos e uma pessoa baleada com arma de fogo; o registro foi do fotógrafo André Coelho; assista (Foto: Gisele Federicce)

Brasília 247 - Um registro revelador do fotógrafo André Coelho, do jornal O Globo, mostra policiais militares do Distrito Federal sacando armas de fogo e atirando contra manifestantes durante o protesto desta quarta-feira 24 na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, que deixou mais de 50 feridos, sendo 8 policiais.

Manifestantes foram às ruas ontem contra as reformas do governo Temer e em defesa de eleições diretas para presidente. Um grupo de mascarados começou a depredar as vidraças de prédios de ministérios, como o da Fazenda e da Agricultura, que pegou fogo, e a pintar suas paredes. Foi feito uma barricada utilizando objetos como banheiros químicos. Eles jogavam pedras nos PMs, que revidavam com bombas de efeito moral e de gás lacrimogêneo, além de spray de pimenta.

No vídeo, um PM atira para o alto com arma de fogo, e outro corre e atira em direção ao grupo de manifestantes. Segundo reportagem do Globo, a Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal abrirá um inquérito para investigar a conduta dos PMs que usaram suas armas no conflito. "Este procedimento não é adotado em manifestações. Os incidentes e as responsabilidades serão apuradas", diz a pasta.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247