Zanin chega ao STF e pedirá liberdade urgente para Lula

Advogados do ex-presidente pedirão inclusão na pauta da reunião da Segunda Turma do Supremo do habeas corpus que denuncia a suspeição de Sergio Moro no julgamento do processo; nesse caso, caberia a Gilmar Mendes, que pediu vistas no caso, decidir se libera ou não o recurso para julgamento nesta terça-feira

(Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A defesa do ex-presidente Lula, representada pelos advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Martins, já está no Supremo Tribunal Federal, em Brasília, e pedirá a inclusão na pauta do habeas corpus que denuncia a suspeição do ex-juiz Sergio Moro no julgamento do processo do triplex, que condenou Lula. 

O caso será julgado - ou adiado - pela Segunda Turma da Corte. Diante de um eventual pedido de urgência de Zanin, caberia ao ministro Gilmar Mendes, que pediu vistas no processo, decidir se libera ou não o recurso para julgamento ainda nesta terça-feira 25.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247