ACM Neto chama Rodrigo Maia de 'ingrato' e nega ter feito indicação para ministérios do governo

O presidente nacional do DEM, ACM Neto, disse que não fará indicações para ministérios, após a informação de que a sigla ganharia cargos no governo para compensar a eleição de Rodrigo Pacheco (MG) para a presidência do Senado, com o apoio de Jair Bolsonaro. O ex-prefeito de Salvador também chamou Rodrigo Maia de "ingrato"

ACM Neto e Rodrigo Maia
ACM Neto e Rodrigo Maia (Foto: Max Haack/Secom-Salvador | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente nacional do DEM, ex-prefeito de Salvador ACM Neto, disse nesta terça-feira (9) que o deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi "ingrato" ao criticar a postura do partido na eleição da Câmara dos Deputados. ACM Neto também afirmou que não fará indicações para ministérios. Ele rebateu a afirmação de que o apoio do partido ao senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), eleito presidente da Casa, será recompensado com cargos no governo Jair Bolsonaro.

"Convoquei a executiva nacional para tirar aquela postura de neutralidade como forma de assegurar a integridade e a unidade do partido e para evitar um vexame para o Rodrigo Maia", disse ACM Neto à GloboNews.

"Eu desejei que o partido integrasse o bloco do Baleia Rossi. Institucionalmente, trabalhei para isso, e Rodrigo sabe. Fizemos várias reuniões nessa direção, mas, infelizmente, e eu não posso ser maior do que o conjunto da bancada", acrescentou. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email