Aliados de Sarney são demitidos de cargos no MA

A presidente Dilma começou fazer a faxina em seu governo exonerando de cargos federais no Maranhão indicados por parlamentares que votaram a favor do impeachment na Câmara Federal; a "guilhotina" presidencial alcançou dois dos nomeados por Hildo Rocha (PMDB), o parlamentar sob forte influência da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e um dos mais afoitos na sessão da Câmara que aprovou o impeachment; Jones Braga, por sua vez, é um antigo aliado da oligarquia

A presidente Dilma começou fazer a faxina em seu governo exonerando de cargos federais no Maranhão indicados por parlamentares que votaram a favor do impeachment na Câmara Federal; a "guilhotina" presidencial alcançou dois dos nomeados por Hildo Rocha (PMDB), o parlamentar sob forte influência da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e um dos mais afoitos na sessão da Câmara que aprovou o impeachment; Jones Braga, por sua vez, é um antigo aliado da oligarquia
A presidente Dilma começou fazer a faxina em seu governo exonerando de cargos federais no Maranhão indicados por parlamentares que votaram a favor do impeachment na Câmara Federal; a "guilhotina" presidencial alcançou dois dos nomeados por Hildo Rocha (PMDB), o parlamentar sob forte influência da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e um dos mais afoitos na sessão da Câmara que aprovou o impeachment; Jones Braga, por sua vez, é um antigo aliado da oligarquia (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Blog do Jorge Vieira - A presidente Dilma começou fazer a faxina em seu governo exonerando de cargos federais no Maranhão indicados por parlamentares que votaram a favor do impeachment na Câmara Federal.

A guilhotina presidencial alcançou na terça-feira (26) dois dos nomeados por Hildo Rocha (PMDB), o parlamentar pau mandado de Roseana Sarney (PMDB) e um dos mais afoitos na sessão da Câmara que aprovou o impeachment.

Como Rocha não teve a dignidade de entregar os cargos para os quais indicou Maurício Abreu Itapary (Dnit) e Jones Braga (EBC), coube a presidente publicar os atos de exoneração sem sequer comunicar ao parlamentar.

Maurício Itapary, cuja a competência era questionada desde a posse por funcionários do Dnit, já vai tarde, sua administração foi desastrosa, visto o estado em que se transformaram as estradas federais que cortam o Maranhão, particularmente a BR-135, única via terrestre de acesso a São Luís.

Jones Braga, por sua vez é um antigo aliado da oligarquia que insistia em não largar o osso, mas diante da trairagem do seu padrinho político, acabou sendo alcançado pela lâmina fiada da presidência.

E vem mais demissões por ai, é só uma questão de tempo.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247