Cappelli: “Datafolha confirma que 2018 será negação da política pela direita”

O ex-secretário nacional do Ministério do Esporte e atual secretário de Representação Institucional do governo do Maranhão em Brasília, o jornalista Ricardo Cappelli, analisou em seu Facebook os resultados da pesquisa Datafolha; "Lula continua imbatível. É um fenômeno popular imune a qualquer tipo de massacre midiático judicial. Na cabeça do povo é simples, pragmatismo na veia. Não existe político "santo". Se é assim, melhor ficar com o que fez mais por mim"; "A direita fará de tudo para condenar Lula no TRF4 e tirá-lo do jogo. E vai trabalhar pela construção do candidato da negação do sistema pela direita", diz o jornalista

Natal- RN- Brasil- 22/09/2016- Ex-presidente Lula, durante evento político em Natal. Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula
Natal- RN- Brasil- 22/09/2016- Ex-presidente Lula, durante evento político em Natal. Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula (Foto: José Barbacena)

Maranhão 247 - O ex-secretário nacional do Ministério do Esporte e atual secretário de Representação Institucional do governo do Maranhão em Brasília, o jornalista Ricardo Cappelli, analisou em seu Facebook os resultados da pesquisa Datafolha.

Veja o texto abaixo:

DATAFOLHA CONFIRMA: DISPUTA SERÁ COM A "NEGAÇÃO DA POLÍTICA PELA DIREITA".

A pesquisa presidencial divulgada hoje pelo Datafolha tem indicativos interessantes:

1 - Lula continua imbatível. É um fenômeno popular imune a qualquer tipo de massacre midiático judicial. Na cabeça do povo é simples, pragmatismo na veia. Não existe político "santo". Se é assim, melhor ficar com o que fez mais por mim.

2 - O PSDB, assim como todos os outros do sistema político, são tragados pela premissa acima. No caso dos Tucanos o protagonismo no golpe, Aécio Neves e a presença no governo Temer parecem sinalizar uma âncora ainda mais pesada.

3 - O único candidato que empata com Lula é Moro. O juiz simboliza alguém de fora do sistema, com discurso populista moralista. Sintetiza a negação do sistema político. É o único que expressa o "novo", que dialoga com um futuro diferente do "velho cardápio dos mesmos nomes e partidos". Parece ser a "Negação da Política e do Sistema", pela direita, nosso verdadeiro adversário.

4 - Lula é fenômeno, mas não faz milagre. As pessoas votam em pessoas e o trauma com a indicação de Dilma deve pesar. Sem ele no jogo Ciro parece ser o mais consistente. Se tivesse o improvável apoio de Lula certamente estaria no páreo. Os "outros planos B's" parecem "japoneses" de pouco futuro.

Conclusão: A direita fará de tudo para condenar Lula no TRF4 e tirá-lo do jogo. E vai trabalhar pela construção do candidato da negação do sistema pela direita. Olhando o "cardápio envelhecido de hoje", parece claro que teremos novidades e que dificilmente o jogo terá apenas o cheiro de naftalina dos testados na pesquisa.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247