Conab diz que 96% da safra de cana será para a produção de etanol

Da nova safra serão destinadas 2,304 milhões de toneladas de cana-de-açúcar para a produção de etanol; esse quantitativo equivale a um incremento de 8,64% em relação à safra anterior, quando se destinou 2,120 milhões de toneladas para se produzir etanol; a produção maranhense de etanol deve chegar 182,4 milhões de litros; apenas 4% da safra total de cana, terão como destino a produção de açúcar no estado

Da nova safra serão destinadas 2,304 milhões de toneladas de cana-de-açúcar para a produção de etanol; esse quantitativo equivale a um incremento de 8,64% em relação à safra anterior, quando se destinou 2,120 milhões de toneladas para se produzir etanol; a produção maranhense de etanol deve chegar 182,4 milhões de litros; apenas 4% da safra total de cana, terão como destino a produção de açúcar no estado
Da nova safra serão destinadas 2,304 milhões de toneladas de cana-de-açúcar para a produção de etanol; esse quantitativo equivale a um incremento de 8,64% em relação à safra anterior, quando se destinou 2,120 milhões de toneladas para se produzir etanol; a produção maranhense de etanol deve chegar 182,4 milhões de litros; apenas 4% da safra total de cana, terão como destino a produção de açúcar no estado (Foto: Itevaldo Junior)

Maranhão 247 - O primeiro levantamento de safra da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) revela que de 96% da produção total de 2,396 milhões de toneladas de cana-de-açúcar estimada para a safra 2014-2015 no Maranhão terá como destino a produção de etanol anidro e hidratado. O restante vai para a produção de açúcar.
Nesta nova safra, deverão ser destinadas 2,304 milhões de toneladas de cana-de-açúcar para a produção de etanol. Esse quantitativo equivale a um incremento de 8,64% em relação à safra anterior, quando se destinou 2,120 milhões de toneladas para se produzir etanol.
A produção maranhense de etanol deve chegar 182,4 milhões de litros nesta safra. Esse volume corresponde a crescimento de 8,64% em comparação à anterior, quando se produziu 167,9 milhões de litros.
A Conab estima que do total de 182,4 milhões de litros de etanol, a maior parte em torno de 168 milhões de litros, corresponderá a etanol anidro (que se mistura à gasolina) e 14,6 milhões de litros de etanol hidratado, utilizado como combustível.
Apenas 4% da safra total de cana, ou seja, 92,52 mil toneladas, terão como destino a produção de açúcar no estado, estimada em 12,28 mil toneladas.
Neste primeiro levantamento de safra, os produtores maranhenses informaram uma área plantada 38,79 mil hectares, um pouco menor que a anterior, mas que é compensada pelo aumento de 10,80% na produtividade.
Estima-se que a produtividade na lavoura maranhense de cana-de-açúcar alcance 61.790 kh/hectare contra os 55.767 kg/hectare registrados na safra 2013/2014.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247