Conversa entre deputados do MA pode revelar esquema de propina

O deputado federal Hildo Rocha (PMDB) disse num grupo de WhatsApp da bancada maranhense que denunciou à Polícia Federal a troca de emendas por propinas; o peemedebista acusou os parlamentares André Fufuca (PP), Juscelino Filho (DEM) e Rubens Pereira Júnior (PCdoB), de “só pensarem em dinheiro, e quererem se dar bem”; segundo as mensagens trocadas no grupo que envolveu os quatro deputados já citados e mais o deputado Aluísio Mendes (Pode-MA), Rocha afirmou que houve um empenho de R$ 40 milhões para a Saúde, paga no fim de 2016; Rubens Pereira Júnior disse que “acusações assim não ajudam em nada. Especialmente por ser conhecidamente falsa”

O deputado federal Hildo Rocha (PMDB) disse num grupo de WhatsApp da bancada maranhense que denunciou à Polícia Federal a troca de emendas por propinas; o peemedebista acusou os parlamentares André Fufuca (PP), Juscelino Filho (DEM) e Rubens Pereira Júnior (PCdoB), de “só pensarem em dinheiro, e quererem se dar bem”; segundo as mensagens trocadas no grupo que envolveu os quatro deputados já citados e mais o deputado Aluísio Mendes (Pode-MA), Rocha afirmou que houve um empenho de R$ 40 milhões para a Saúde, paga no fim de 2016; Rubens Pereira Júnior disse que “acusações assim não ajudam em nada. Especialmente por ser conhecidamente falsa”
O deputado federal Hildo Rocha (PMDB) disse num grupo de WhatsApp da bancada maranhense que denunciou à Polícia Federal a troca de emendas por propinas; o peemedebista acusou os parlamentares André Fufuca (PP), Juscelino Filho (DEM) e Rubens Pereira Júnior (PCdoB), de “só pensarem em dinheiro, e quererem se dar bem”; segundo as mensagens trocadas no grupo que envolveu os quatro deputados já citados e mais o deputado Aluísio Mendes (Pode-MA), Rocha afirmou que houve um empenho de R$ 40 milhões para a Saúde, paga no fim de 2016; Rubens Pereira Júnior disse que “acusações assim não ajudam em nada. Especialmente por ser conhecidamente falsa” (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Maranhão 247 - O deputado federal Hildo Rocha (PMDB) disse nesta terça-feira (10) num grupo de WhatsApp da bancada maranhense que denunciou à Polícia Federal a troca de emendas por propinas. O peemedebista acusou os parlamentares André Fufuca (PP), Juscelino Filho (DEM) e Rubens Pereira Júnior (PCdoB), de “só pensarem em dinheiro, e quererem se dar bem”.

Segundo as mensagens trocadas no grupo que envolveu os quatro deputados já citados e mais o deputado Aluísio Mendes (Pode-MA), o Rocha afirmou que houve um empenho de R$ 40 milhões para a Saúde, paga no fim de 2016. O dinheiro foi dividido para algumas cidades de indicação dos parlamentares André Fufuca, Juscelino Filho e Rubens Pereira Jr.

O parlamentar do PP pediu a Rocha que apresentasse provas ou levasse o caso à PF. Rocha apresentou documentos no grupo de WhatsApp e afirmou que já havia denunciado o caso à PF. Os relatos foram publicados no site O Informante.

Em outro trecho da conversa, o peemedebista afirma que, “a jogada era pegar o dinheiro da retaguarda nos municípios beneficiados.Tem até pedido de propinas. Tenho até as gravações de áudio”.

Outro lado

Rubens Pereira Júnior disse que “acusações assim não ajudam em nada. Especialmente por ser conhecidamente falsa”.

Rocha sugeriu que “se pedisse uma fiscalização na Comissão de fiscalização da Câmara”. 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email