Coronavírus: médicos são orientados a atender quem tem mais chances de viver em Pernambuco

Recomendação técnica do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) define critérios para atendimento dos pacientes com Covid-19 de maneira que os médicos, diante da insuficiência de leitos, escolham aqueles que tenham mais chances de sobreviver

(Foto: Aluisio Moreira /SEI)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) editou uma recomendação técnica que define critérios para atendimento dos pacientes do coronavírus e, diante da insuficiência de leitos, os médicos escolham aqueles que tenham mais chances de sobreviver.

Segundo a Folha de S.Paulo, a recomendaçao aponta para a utilização de uma escala de pontuação combinando algumas informações sobre a vitalidade, presença de comorbidades e critérios de fragilidade dos pacientes.

O documento, encaminhado para análise da SES-PE (Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco), não leva em conta a faixa etária dos doentes.

O vice-presidente da entidade, Maurício Matos, informou que se trata de uma estratégica para ganhar vidas e tirar o critério subjetivo do médico na hora de tomar uma decisão de suma importância. “O que estamos propondo é a união de escores clínicos, que já existem e são utilizados no mundo.”

Leia a íntegra na Fórum.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247