Desembargadores do TRT da Bahia são investigados por venda de sentença

Cinco desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região foram alvos de mandados de busca e apreensão em operação da Polícia Federal que investiga um suposto esquema de venda de decisões judiciais e tráfico de influência

(Foto: Marcello Casal Jr/ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Operação da Polícia Federal nesta quarta-feira (11), que investiga um suposto esquema de venda de decisões judiciais e tráfico de influência na Justiça do Trabalho na Bahia, teve como alvo cinco desembargadores.

A ação foi resultado de reclamações disciplinares na Corregedoria Nacional de Justiça do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e, segundo a PF, cerca de 50 agentes e cinco procuradores da República foram acionados para cumprir 11 mandados de busca e apreensão.

Após ação nos gabinetes dos desembargadores no TRT-5, em um escritório de advocacia e nas residências dos investigados, os policiais deixaram os locais carregando malotes lacrados.

De acordo com a PF, o objetivo da operação é apreender provas complementares dos supostos crimes praticados, mas não informam detalhes do suposto esquema.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247