Desembargadores do TRT da Bahia são investigados por venda de sentença

Cinco desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região foram alvos de mandados de busca e apreensão em operação da Polícia Federal que investiga um suposto esquema de venda de decisões judiciais e tráfico de influência

(Foto: Marcello Casal Jr/ABr)

247 - Operação da Polícia Federal nesta quarta-feira (11), que investiga um suposto esquema de venda de decisões judiciais e tráfico de influência na Justiça do Trabalho na Bahia, teve como alvo cinco desembargadores.

A ação foi resultado de reclamações disciplinares na Corregedoria Nacional de Justiça do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e, segundo a PF, cerca de 50 agentes e cinco procuradores da República foram acionados para cumprir 11 mandados de busca e apreensão.

Após ação nos gabinetes dos desembargadores no TRT-5, em um escritório de advocacia e nas residências dos investigados, os policiais deixaram os locais carregando malotes lacrados.

De acordo com a PF, o objetivo da operação é apreender provas complementares dos supostos crimes praticados, mas não informam detalhes do suposto esquema.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247