Dino: mobilização da consciência democrática vai vencer

Governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB), afirmou no Twitter que “o golpismo continua bem longe de reunir 342 votos”; “A mobilização da consciência democrática da Nação vai vencer o absurdo golpe. Nenhum partido de "centro" votará unido, nem a favor, nem contra impeachment. Todos sabem disso. O resto é torcida e tentar ganhar no grito”

Governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB), afirmou no Twitter que “o golpismo continua bem longe de reunir 342 votos”; “A mobilização da consciência democrática da Nação vai vencer o absurdo golpe. Nenhum partido de "centro" votará unido, nem a favor, nem contra impeachment. Todos sabem disso. O resto é torcida e tentar ganhar no grito”
Governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB), afirmou no Twitter que “o golpismo continua bem longe de reunir 342 votos”; “A mobilização da consciência democrática da Nação vai vencer o absurdo golpe. Nenhum partido de "centro" votará unido, nem a favor, nem contra impeachment. Todos sabem disso. O resto é torcida e tentar ganhar no grito” (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB), afirmou no Twitter que “o golpismo continua bem longe de reunir 342 votos”.

“A mobilização da consciência democrática da Nação vai vencer o absurdo golpe.

Nenhum partido de "centro" votará unido, nem a favor, nem contra impeachment. Todos sabem disso. O resto é torcida e tentar ganhar no grito.

Só tenho um imenso temor de a irresponsabilidade golpista conduzir a graves confrontos entre brasileiros. Necessário ter bom senso."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email