Edivaldo Holanda: “não rompi com Flávio Dino”

Foi o que disse, após o fim da sessão na Assembléia Legislativa do Maranhão desta quinta-feira 6, o deputado estadual Edivaldo Holanda (PTC), sobre a sua saída do Blocão que dá sustentação ao governador Flávio Dino (PCdoB) na casa; "Saí para analisar melhor e com mais isenção os projetos; E para representar melhor os anseios da população", afirmou, segundo o jornalista Ricardo Fonseca, do blog Propagando

Foi o que disse, após o fim da sessão na Assembléia Legislativa do Maranhão desta quinta-feira 6, o deputado estadual Edivaldo Holanda (PTC), sobre a sua saída do Blocão que dá sustentação ao governador Flávio Dino (PCdoB) na casa; "Saí para analisar melhor e com mais isenção os projetos; E para representar melhor os anseios da população", afirmou, segundo o jornalista Ricardo Fonseca, do blog Propagando
Foi o que disse, após o fim da sessão na Assembléia Legislativa do Maranhão desta quinta-feira 6, o deputado estadual Edivaldo Holanda (PTC), sobre a sua saída do Blocão que dá sustentação ao governador Flávio Dino (PCdoB) na casa; "Saí para analisar melhor e com mais isenção os projetos; E para representar melhor os anseios da população", afirmou, segundo o jornalista Ricardo Fonseca, do blog Propagando (Foto: Leonardo Lucena)

Por Ricardo Fonseca, do blog Propagando - “Não rompi com Flávio Dino”. Foi o que disse nesta quinta-feira (6), após o fim da sessão na Assembléia Legislativa do Maranhão, o deputado estadual Edivaldo Holanda (PTC), sobre a sua saída do Blocão que dá sustentação ao governador Flávio Dino (PCdoB) na casa.

Numa espécie de mini coletiva de imprensa, o parlamentar falou com muita serenidade sobre a decisão tomada. E perguntado sobre a posição do filho, o Prefeito de São Luís Edivaldo Júnior ( Aliado de Dino), ele disse: "Há dois dias que não falo com o Júnior, não sei das suas impressões".

Questionado sobre os motivos que o levou a tomar essa medida extrema, foi lacônico: "Não saí por motivos externos, saí por motivos de foro íntimo".

Fui um dos primeiros a indagar Holandão sobre os verdadeiros motivos de sua saída, mas com habilidade o político experiente disse:

" Saí para analisar melhor e com mais isenção os projetos; E para representar melhor os anseios da população".

Conversando sobre vários assuntos e perguntado sobre quais seriam os seus rumos para as eleições em 2018 (se ia apoiar o governador ou migraria naturalmente para a oposição) ele foi direto:

"Ainda não decidi sobre isso, mas nada está descartado".

O presidente do PTC no estado, fez questão de ressaltar que não queria "espetacularizar" a sua saída da base de sustentação do governador, mas deixou um certo ar de "ressentimento" no ar.

Ele fez brincadeiras com os jornalistas e até sorriu,... mas deixou claro que espera que essa decisão não abale a relação cordial de amizade entre o filho prefeito de São Luís e o governador do Maranhão (que são aliados históricos desde 2012) e que também não haja retaliações do governo na prefeitura.

Conheça a TV 247

Mais de Nordeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247