Edivaldo sobre passagens: ‘agimos preventivamente’

Em pronunciamento nas redes sociais, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior comentou a decisão judicial que impede o aumento de passagem nos próximos meses em São Luís, obtida a partir de uma ação movida pela Prefeitura; "A Prefeitura de São Luís agiu preventivamente. Em defesa dos interesses da população, ingressou com ação na Justiça para exigir das empresas o cumprimento dos termos do contrato de serviço assinado após a licitação, sem qualquer interrupção ou reajuste na tarifa", disse; sobre a política de austeridade, o chefe do executivo afirmou que o objetivo do seu "governo sempre foi fazer mais gastando menos"

Em pronunciamento nas redes sociais, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior comentou a decisão judicial que impede o aumento de passagem nos próximos meses em São Luís, obtida a partir de uma ação movida pela Prefeitura; "A Prefeitura de São Luís agiu preventivamente. Em defesa dos interesses da população, ingressou com ação na Justiça para exigir das empresas o cumprimento dos termos do contrato de serviço assinado após a licitação, sem qualquer interrupção ou reajuste na tarifa", disse; sobre a política de austeridade, o chefe do executivo afirmou que o objetivo do seu "governo sempre foi fazer mais gastando menos"
Em pronunciamento nas redes sociais, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior comentou a decisão judicial que impede o aumento de passagem nos próximos meses em São Luís, obtida a partir de uma ação movida pela Prefeitura; "A Prefeitura de São Luís agiu preventivamente. Em defesa dos interesses da população, ingressou com ação na Justiça para exigir das empresas o cumprimento dos termos do contrato de serviço assinado após a licitação, sem qualquer interrupção ou reajuste na tarifa", disse; sobre a política de austeridade, o chefe do executivo afirmou que o objetivo do seu "governo sempre foi fazer mais gastando menos" (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Blog do Jorge Vieira - Em pronunciamento veiculado nesta quarta-feira (25) nas redes sociais, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior comentou a decisão judicial que impede o aumento de passagem nos próximos meses em São Luís, obtida a partir de uma ação movida pela Prefeitura. Edivaldo comentou ainda a paralisação parcial do sistema de transportes, ocorrida na última segunda-feira (23) e motivada por questões trabalhistas entre os rodoviários e as empresas do setor de transporte.

"A Prefeitura de São Luís agiu preventivamente. Em defesa dos interesses da população, ingressou com ação na Justiça para exigir das empresas o cumprimento dos termos do contrato de serviço assinado após a licitação, sem qualquer interrupção ou reajuste na tarifa", explicou o prefeito Edivaldo. Ele também reforçou a importância da licitação dos transportes, realizada no ano passado e que estabeleceu regras claras para a operação do sistema e padrões de qualidade, que trouxeram, entre outras melhorias, ar condicionado e mais ônibus novos e com acessibilidade ao sistema.

Austeridade

O prefeito Edivaldo comentou ainda o decreto assinado na última terça-feira (24) com medidas de controle de gastos visando garantir o equilíbrio econômico do município. As medidas incluem a revisão de todos os contratos da administração municipal, bem como redução de despesas com aluguéis, imóveis, veículos, energia elétrica, telefonia móvel e fixa, entre outras ações.

Segundo o prefeito Edivaldo, as medidas são difíceis de serem tomadas, mas fundamentais em função do momento de crise econômica por que passa o País. "O objetivo do nosso governo sempre foi fazer mais gastando menos. Neste momento, isso se faz tendo ainda mais rigor com as contas públicas", destacou o prefeito.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247