Eleições 2018 e o destino dos partidos no Maranhão

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) diz que a candidatura de sua tia, a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), já tem o apoio de 6 partidos, mas devido aos últimos acontecimentos políticos, a conta não fecha; é que dirigentes do PRTB, PSC, entre outras siglas, negam ou dizem que nada está definido; enquanto isso, o governador Flávio Dino (PCdoB) já tem no seu bloco de alianças 14 partidos

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) diz que a candidatura de sua tia, a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), já tem o apoio de 6 partidos, mas devido aos últimos acontecimentos políticos, a conta não fecha; é que dirigentes do PRTB, PSC, entre outras siglas, negam ou dizem que nada está definido; enquanto isso, o governador Flávio Dino (PCdoB) já tem no seu bloco de alianças 14 partidos
O deputado estadual Adriano Sarney (PV) diz que a candidatura de sua tia, a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), já tem o apoio de 6 partidos, mas devido aos últimos acontecimentos políticos, a conta não fecha; é que dirigentes do PRTB, PSC, entre outras siglas, negam ou dizem que nada está definido; enquanto isso, o governador Flávio Dino (PCdoB) já tem no seu bloco de alianças 14 partidos (Foto: Voney Malta)

Blog da Sílvia Tereza - O deputado estadual Adriano Sarney (PV), em entrevista a veículos de comunicação,  confirmou que a candidatura de sua tia, a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), já tem o apoio de 6 partidos, mas devido aos últimos acontecimentos políticos, a conta não fecha e o deputado, pelo visto, esqueceu de combinar com algumas legendas.

Nas palavras de Adriano, os partidos MDB, PSD, PV, PMB, PSC e PRTB estarão na coligação de Roseana Sarney. Mas se depender de muitas articulações e declarações de alguns dirigentes partidários, Roseana Sarney não entra na disputa nem com 5 partidos.

O primeiro a contradizer Adriano e diminuir o número dos partidos foi Márcio Coutinho, presidente estadual do PRTB. Márcio falou que a pré-campanha da ex-governadora pode até começar, mas que ele não vai acompanhá-la para deixar bem claro que não existe nada fechado, apenas conversas, mas sem nenhuma decisão.

Se depender também do presidente estadual do PSC, o deputado estadual Léo Cunha, a conta pode diminuir mais ainda. Léo Cunha e seus correligionários acompanharam de perto o governador Flávio Dino (PCdoB) em um evento de apoio à sua reeleição em Imperatriz. O deputado, inclusive, usou suas redes sociais para postar uma foto do encontro.

Roseana Sarney, sem dúvidas, entra na disputa mais fragilizada politicamente. Enquanto o governador Flávio Dino já tem o apoio de 14 partidos, Roseana não conta mais com a máquina estadual e nem com antigos aliados. Os tempos mudaram no Maranhão!

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247