Especialista recomenda evitar consumo de peixes de áreas atingidas por óleo no Nordeste

O professor do departamento de Oceanografia e vice-reitor da UFPE, Moacy Araújo, orientou a população das áreas atendidas a evitar consumir peixes, crustáceos e moluscos pescados no local, por conta do óleo que contamina as águas

(Foto: Reprodução/Oceanauta)

O professor do departamento de Oceanografia e vice-reitor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Moacy Araújo, disse em entrevista nesta quarta-feira (23) que há a estimativa de que a quantidade de óleo que chegou às praias do Nordeste corresponda apenas a 40% do que ainda se espera. O especialista também orientou a população das áreas atendidas a evitar consumir peixes, crustáceos e moluscos pescados no local.

“Precisamos ter mais dados científicos sobre isso, mas a principio eu recomendaria evitar”, disse o professor, ao ser questionado pela imprensa sobre os cuidados recomendados para a população local, que tem levantado dúvidas sobre os riscos à saúde que o óleo pode causas.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247