Ex-governador Ricardo Coutinho obtém autorização judicial para viajar

Alvo da Operação Calvário, o pré-candidato ao Senado pela Paraíba teve mais uma vitória junto ao STJ

www.brasil247.com - Ricardo Coutinho
Ricardo Coutinho


247 - Alvo da Operação Calvário, pela qual chegou a ser preso em 2019 com base em “acusações genéricas”, como já declarou, o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho obteve vitória judicial e conseguiu autorização para viajar após decisão unânime do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Em dezembro passado, o desembargador Ricardo Vital, da Justiça da Paraíba, proibiu Coutinho de ir a São Paulo para participar do jantar organizado pelo grupo Prerrogativas, que reuniu o ex-presidente Lula e diversas lideranças democráticas.

Desta vez, o ex-governador obteve vitória na corte superior graças ao pedido de extensão feito nos autos do Habeas Corpus do seu ex-advogado, Francisco Ferreira, que meses antes já teria conseguido através dos seus advogados em Brasília a liberdade de poder viajar por até sete dias sem precisar de autorização judicial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O pedido foi concedido a Francisco em decorrência da sua extensa agenda em diversos estados, notadamente São Paulo, pontuou a Relatoria na ocasião.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para ter o mesmo benefício dado a seu ex-advogado, Ricardo Coutinho pediu extensão, todavia o relator, ministro Sebastião Reis, decidiu negar a liminar e levar o pedido ao colegiado que, por unanimidade, concedeu a extensão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Favorito ao Senado na Paraíba, Ricardo Coutinho voltou a se filiar ao PT em setembro do ano passado, após 18 anos no PSB.

Com informações do Blog Tião Lucena

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email