Ex-pugilista “Popó” é acusado de ameaçar empresário de morte

A Polícia Civil da Bahia investiga a denúncia de um empresário que acusa o ex-boxeador Acelino "Popó" Freitas de tê-lo ameaçado de morte, após uma discussão entre o homem e um filho do ex-atleta

(Foto: Reprodução)

247 - A Polícia Civil da Bahia investiga a denúncia de um empresário que acusa o ex-boxeador Acelino "Popó" Freitas de tê-lo ameaçado de morte, após uma discussão entre o homem e um filho do ex-atleta. 

De acordo com a polícia, o denunciante, identificado como Diego Mentor Borges Melo, afirmou que teve uma discussão com o filho de Popó, Igor Freitas, no cinema de um shopping de Salvador (BA), no dia 22 de julho. A briga acabou com agressões físicas e verbais, de acordo com o registro feito na Polícia Civil. 

O empresário afirmou que, após a briga, Popó chegou ao local acompanhado de outras pessoas e o ameaçou de morte. O ex-pugilista disse ao G1 que Diego é um ex-sócio do filho e que, antes da briga, os dois tiveram um desentendimento por conta de uma festa que realizaram e que acabou dando prejuízos.



Conheça a TV 247

Mais de Nordeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247