Florence critica transferência de Lula: “mais um ato gravíssimo, ilegal e parcial de Moro”

"Lula é um preso político, condenado por Moro para eleger Bolsonaro”, denunciou o deputado Afonso Florence sobre a decisão da juíza Carolina Lebbos, de transferir o ex-presidente Lula para uma unidade penal em Tremembé

Florence: Renegociação de dívidas da agricultura familiar é derrota de Temer
Florence: Renegociação de dívidas da agricultura familiar é derrota de Temer (Foto: Foto: Luís Macedo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Afonso Florence criticou a decisão da juíza Carolina Lebbos de transferir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba para um presídio de São Paulo. Segundo Florence, a decisão é mais um ato grave e parcial de Moro.

“A transferência de Lula foi solicitada pela Polícia Federal em Curitiba, subordinada ao ministro Sérgio Moro, e deferida pela juíza que recortou e colou a sentença ilegal, redigida pelo ex-juiz que condenou Lula sem provas. Mais um ato, gravíssimo, ilegal e parcial. Lula é um preso político, condenado por Moro para eleger Bolsonaro”, denunciou Florence.  

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247