Governo garante: prendeu líderes de ataques

Secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, anunciou no último domingo a prisão de 10 pessoas por vandalismo em São Luís; segundo ele, a ordem para que ônibus fossem incendiados e que delegacias e policiais fossem alvos dos bandidos partiu de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas e o Estado está dando uma resposta efetiva para garantir tranquilidade à população

Secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, anunciou no último domingo a prisão de 10 pessoas por vandalismo em São Luís; segundo ele, a ordem para que ônibus fossem incendiados e que delegacias e policiais fossem alvos dos bandidos partiu de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas e o Estado está dando uma resposta efetiva para garantir tranquilidade à população
Secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, anunciou no último domingo a prisão de 10 pessoas por vandalismo em São Luís; segundo ele, a ordem para que ônibus fossem incendiados e que delegacias e policiais fossem alvos dos bandidos partiu de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas e o Estado está dando uma resposta efetiva para garantir tranquilidade à população (Foto: Roberta Namour)

Maranhão 247 – O governo do Maranhão anunciou no último domingo a prisão de 10 pessoas por participação nos ataques em São Luís aos ônibus e ao 9º DP (Delegacia do bairro São Francisco), entre elas dois adolescentes apreendidos.

Em entrevista coletiva, o secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, informou que a ordem para que ônibus fossem incendiados e que delegacias e policiais fossem alvos dos bandidos partiu de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. A autorização foi dada pelo criminoso Jorge Henrique Amorim Matias, o “Dragão”, e recebida por Hilton Jhon Alves Araújo, o “Praguinha”, do lado de fora do presídio.

De acordo com Mendes, a Secretaria Adjunta de Inteligência da SSP descobriu o plano minutos antes do início da ação criminosa e conseguiu evitar que mais coletivos fossem queimados. “Nós reforçamos o policiamento na mesma hora, inclusive nos terminais de ônibus, e colocamos policiais dentro de alguns coletivos. Mas, a frota de ônibus em São Luís é muito grande e, por essa razão, não deu tempo de evitar o que aconteceu com os 3 ônibus, dois queimados totalmente e um parcialmente”, disse Aluísio Mendes, lembrando que também houve uma tentativa sem sucesso.

“O Estado está dando uma resposta efetiva, prendendo esses elementos e a polícia continua nas ruas para garantir tranquilidade à população. Precisamos unir esforços, haja vista que se trata de uma luta do bem contra o mal, mas é bom ressaltar que o bem está vencendo”, frisou o secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, informando que há grupos criminosos semelhantes atuando em todos os estados do Brasil.

O secretário afirmou que os episódios serviram para mostrar o modus operandi dos grupos criminosos que agem em todo o Brasil. Crimes semelhantes já aconteceram em estados como São Paulo, Santa Catarina, Paraná e Rio de Janeiro, entre outros (com informações da Secom do Maranhão).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247