Governo lança prêmio ‘Construindo a Igualdade de Gênero’

Em reconhecimento e valorização da participação da mulher maranhense na ciência e na política, o governo do Estado lançou em São João dos Patos, o Prêmio Estadual ‘Construindo a Igualdade de Gênero’; a iniciativa inédita do governo tem como objetivo estimular e fortalece a reflexão crítica e a pesquisa a cerca das desigualdades existentes entre homens e mulheres; o prêmio é uma iniciativa das Secretarias de Estado de Ciência e Tecnologia (Secti) e da Mulher (Semu)

Em reconhecimento e valorização da participação da mulher maranhense na ciência e na política, o governo do Estado lançou em São João dos Patos, o Prêmio Estadual ‘Construindo a Igualdade de Gênero’; a iniciativa inédita do governo tem como objetivo estimular e fortalece a reflexão crítica e a pesquisa a cerca das desigualdades existentes entre homens e mulheres; o prêmio é uma iniciativa das Secretarias de Estado de Ciência e Tecnologia (Secti) e da Mulher (Semu)
Em reconhecimento e valorização da participação da mulher maranhense na ciência e na política, o governo do Estado lançou em São João dos Patos, o Prêmio Estadual ‘Construindo a Igualdade de Gênero’; a iniciativa inédita do governo tem como objetivo estimular e fortalece a reflexão crítica e a pesquisa a cerca das desigualdades existentes entre homens e mulheres; o prêmio é uma iniciativa das Secretarias de Estado de Ciência e Tecnologia (Secti) e da Mulher (Semu) (Foto: Leonardo Lucena)

Em reconhecimento e valorização da participação da mulher maranhense na ciência e na política, o Governo do Estado lançou, na segunda-feira (20), em São João dos Patos, o Prêmio Estadual ‘Construindo a Igualdade de Gênero’. A iniciativa inédita do governo tem como objetivo estimular e fortalece a reflexão crítica e a pesquisa a cerca das desigualdades existentes entre homens e mulheres. O prêmio é uma iniciativa das Secretarias de Estado de Ciência e Tecnologia (Secti) e da Mulher (Semu).

São João dos Patos foi encolhido para o lançamento do prêmio por ser a primeira cidade maranhense a ter uma mulher no cargo de prefeita municipal, Joana da Rocha Santos, a Dona Noca, nomeada em 1934. “A criação deste prêmio nos coloca pioneiro, do ponto de vista do Governo do Estado, e ao mesmo tempo nos soma a uma luta que é nacional, de várias instituições que trabalham e defendem a valorização, o reconhecimento e uma maior visibilidade da mulher. De forma que é fundamental essa iniciativa”, destacou o secretário da Secti, Jhonatan Almada, durante o lançamento realizado na Câmara Municipal de São João dos Patos. O evento foi organizado pelo vereador Tio Jardel.

“Tivemos aqui em São João dos Patos uma grande receptividade e acreditamos que os jovens desta região, bem como de todas as regiões do Estado, irão se interessar em participar do prêmio. Não poderíamos ter escolhido um município melhor. Essa foi uma escolha acertada e verificamos que realmente temos que realizar essas cerimonias em lugares mais longínquos do nosso Estado”, observou a secretária de Estado da Mulher, Laurinda Pinto, presente na cerimônia.

Maria Silvia Lira Rocha Santos, que representou ou familiares da ex-prefeita, disse que o lançamento do prêmio pelo Governo do Estado mostra que o governador Flávio Dino está atendo aos fatos importantes do Maranhão. Ela destacou que o ‘concurso é um reconhecimento da importância da Dona Noca na política maranhense, um exemplo vivo do que a mulher pode conseguir. “O prêmio é de uma importância enorme para despertar o Maranhão para isso e toda a juventude também”, disse.

Para a estudante Lunara de Oliveira da Costa, do Centro de Ensino Josélia Almeida Ramos, o prêmio é um incentivo às mulheres a seguirem em frente na luta pela igualdade de gênero. “Essa é uma iniciativa muito positiva do governo”, disse. “Em meio à sociedade que vivemos ainda há muita desigualdade e com esse prêmio esse tema será colocado de forma mais visível”, completou Ana Vitória, do Centro de Ensino Doutor Paulo Ramos.

Sobre o Prêmio

O prêmio é atribuído a cinco categorias que contemplam desde estudantes do ensino médio a graduandos, graduados, mestre, doutores e liderança feminina.  Para participar, os interessados devem se inscrever por meio do Edital Nº 20/2016 – Prêmio Estadual Construindo a Igualdade de Gênero, onde constam todas as normas para participação na premiação que se dará por meio de seleção no concurso de redações, artigos científicos e memoriais descritivos na área das relações de gênero, mulheres e feminismos.

O edital está disponível na página da Secti no endereço www.secti.ma.gov.br As inscrições são individuais e devem ser realizadas até o dia 22 de julho mediante preenchimento de formulário neste link.

O prêmio será entregue durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Maranhão que acontece em Imperatriz, de 19 a 22 de outubro. Os ganhadores, de todas as categorias, receberão troféu do prêmio “Promotora (o) da Igualdade de Gênero”.

Fonte: Ascom

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247