Humberto: o povo não aceitará manobra pela volta da ditadura

O senador Humberto Costa (PT-PE) bateu duro no vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ) pela declaração de que "por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos". "O sonho desse governo pela volta da ditadura não vai se realizar. O povo não aceitará essa manobra", disse

(Foto: Ag. Senado)

247 - O senador Humberto Costa (PT-PE) bateu duro no vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ) pela declaração de que "por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos". 

"Na tribuna do @SenadoFederal , falei agora sobre os graves crimes praticados pela turma da Lava Jato e os ataques à democracia promovidos pela turma de  @JairBolsonaro. O sonho desse governo pela volta da ditadura não vai se realizar. O povo não aceitará essa manobra", escreveu o parlamentar no Twitter.

"O filho 02 de Bolsonaro, seu álter ego, foi às redes sociais dizer que não há saída para o Brasil pelas vias democráticas. Todos nós sabemos que fala em nome do pai. Ele prega um golpe militar, a devolução do Brasil às sombras, ataca a Constituição e ameaça a liberdade do povo", disse.

De acordo com o parlamentar, a declaração do vereador "é lamentável, principalmente vindo de alguém com mandato eletivo, e ainda mais no dia de hoje: 46 anos da mais sangrenta ditadura latino-americana, a chilena". "O ditador Pinochet é adorado e admirado por Bolsonaro e Guedes".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247