Incêndio atinge prédio do INSS no interior

O prédio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Açailândia, ficou praticamente destruído após ser atingido por um incêndio na noite desta sexta-feira (1º); documentos, móveis  e computadores de algumas salas foram destruídos; moradores acionaram o corpo de Bombeiros, que conseguiu controlar o incêndio; a perícia no local será realizada a partir de segunda-feira (4)

O prédio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Açailândia, ficou praticamente destruído após ser atingido por um incêndio na noite desta sexta-feira (1º); documentos, móveis  e computadores de algumas salas foram destruídos; moradores acionaram o corpo de Bombeiros, que conseguiu controlar o incêndio; a perícia no local será realizada a partir de segunda-feira (4)
O prédio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Açailândia, ficou praticamente destruído após ser atingido por um incêndio na noite desta sexta-feira (1º); documentos, móveis  e computadores de algumas salas foram destruídos; moradores acionaram o corpo de Bombeiros, que conseguiu controlar o incêndio; a perícia no local será realizada a partir de segunda-feira (4) (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Maranhão 247 -  O prédio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Açailândia, ficou praticamente destruído após ser atingido por um incêndio, na noite desta sexta-feira (1º). Não houve vítimas.

As chamas foram vistas de longe por moradores, que acionaram o corpo de Bombeiros, que conseguiu, ainda na madrugada, controlar o incêndio. Documentos, móveis  e computadores de algumas salas foram destruídos.

Houve risco de que as chamas atingissem outras residências e um posto de combustível próximo ao prédio do NSS. Ainda não se sabe as causas do incêndio e o valor do prejuízo. A perícia no local será realizada a partir de segunda-feira (4).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247