Jorge Solla tenta impedir na Justiça que Bolsonaro inaugure obra já entregue por Rui Costa

O deputado federal Jorge Solla (PT-BA) entrou na Justiça para impedir que Jair Bolsonaro inaugure uma obra de abastecimento de água no estado governado por Rui Costa (PT). "O povo de Campo Alegre de Lourdes é testemunha de que o novo sistema de abastecimento já funciona há dois anos, uma obra de R$ 80 milhões que teve a assinatura da presidente Dilma Rousseff", disse

Jorge Solla e Jair Bolsonaro
Jorge Solla e Jair Bolsonaro (Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados | Alan Santos /PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Jorge Solla (PT-BA) entrou na Justiça para impedir que Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) inaugure, nesta quinta-feira (30), uma obra de abastecimento de água entregue em 2018 pelo governador Rui Costa (PT), no município de Campo Alegre de Lourdes, no norte da Bahia. 

"Isso atinge o princípio da moralidade administrativa, é ato de improbidade. Pedimos à Justiça que impeça essa inauguração fake de uma obra já entregue há dois anos. Se o ato ocorrer, Bolsonaro terá de restituir cada centavo de dinheiro público gasto para tentar enganar a população", afirmou o parlamentar, de acordo com informações do jornal A Tarde

"O povo de Campo Alegre de Lourdes é testemunha de que o novo sistema de abastecimento já funciona há dois anos, uma obra de R$ 80 milhões que teve a assinatura da presidente Dilma Rousseff. Essa situação é tão esdrúxula que precisa ser devidamente punida. O presidente não pode gastar tanto dinheiro com uma comitiva oficial pra fazer uma inauguração fake", complementou. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247