Manchas de óleo que atingem o Nordeste chegam ao parque marinho de Abrolhos

De acordo com o grupo de monitoramento formado pela Marinha, ANP e Ibama, ,diversos fragmentos do material foram encontrados na praia norte da Ilha de Santa Bárbara, uma das cinco que formam o arquipélago

247 - As manchas de óleo que já alcançaram mais de 280 localidades da costa do Nordeste agora também chegaram ao parque Nacional Abrolhos, primeira unidade de conservação marinha criado no país e considerado um dos principais locai de biodiversidade marinha do Atlântico Sul. 

De acordo com o grupo de monitoramento formado pela Marinha, Agência Nacional do Petróleo (ANP) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama),diversos fragmentos do material foram encontrados na paria norte da Ilha de Santa Bárbara, que integra o grupo de cinco ilhas que formam o Arquipélago de Abrolhos.

“É uma tragédia”, disse o biólogo Gustavo Duarte, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que pesquisa sobre corais da região de Abrolhos, ao jornal Folha de S. Paulo. A região de Abrolhos abriga um dos maiores bancos de corais do país e cerca de 1,3 mil espécies de plantas e de animais. 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247