Marília Arraes chama o primo e concorrente à Prefeitura de Recife, João Campos, de imaturo

Marília também disse que o PT ficou de fora da administração municipal em Recife nos últimos anos por conta de "dança ideológica"

João Campos e Marília Arraes
João Campos e Marília Arraes (Foto: Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os primos Marília Arraes (PT) e João Campos (PSB), que disputarão o segundo turno em Recife, trocaram farpas na manhã desta segunda-feira (16). Marília vê João como um candidato sem experiência política.

“O PSB está desonrando a imagem de (ex-governador Miguel) Arraes. A gestão tinha compromisso com quem mais precisa. Acho que João Campos nem lembra. 20 anos atrás ele estava no jardim de infância. Não tem maturidade que precisa para tomar decisões”, afirmou a petista em entrevista ao Rádio Jornal. 

Em resposta à declaração de que o PT não participou da gestão municipal nos últimos anos, ela disse: “Se ele reconhece, ou não reconhece, que o PT participou pouquíssimo, foi por causa da dança ideológica política e de alianças”. 

O segundo turno está marcado para o dia 29 deste mês. O candidato recebeu 29,17% dos votos e a candidata 27,95%.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247