Marília Arraes: governo dá “cheque sem fundo” pela reforma da Previdência

De acordo com a deputada federal Marília Arraes (PT-PE), o governo Jair Bolsonaro dá um “cheque sem fundo, sem lastro financeiro” para os deputados com o objetivo de aprovar a reforma da Previdência; “Essa reforma esta sendo negociada a custa do toma lá, dá cá, sim”, afirmou

(Foto: Vinicius Loures - Câmara dos Deputados)

247 - A deputada federal Marília Arraes (PT-PE) criticou nesta quarta-feira (10) a proposta de reforma da Previdência do governo Jair Bolsonaro. Parlamentares votam nesta tarde o projeto na Câmara. O Executivo ofereceu a cada parlamentar fiel um lote extra de R$ 20 milhões de emendas (em um total de mais de R$ 3 bilhões).

Segundo Marília, governo dá um “cheque sem fundo, sem lastro financeiro” para os deputados. “Essa reforma esta sendo negociada a custa do toma lá, dá cá, sim”, afirmou a congressista, para quem as “emendas não podem ser aprovadas”.

A deputada aproveitou para criticar o escritor Olavo de Carvalho, guru de Bolsonaro, e o próprio presidente. "Vivemos em um momento de desmontes do direito do povo brasileiro e uma época que precisamos dizer que a terra é redonda, não é plana. E que criança não pode trabalhar, tem que ficar na escola", afirmou. 

Conheça a TV 247

Mais de Nordeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247