Marília Arraes propõe reduzir mais de 20% o número de cargos comissionados na prefeitura do Recife

"A gente tem, sim, a proposta de já começar com a reforma administrativa, com mais de 20% de corte 'na carne' em relação aos cargos comissionados", afirmou a candidata à Prefeitura do Recife Marília Arraes (PT)

Marília Arraes, à esquerda
Marília Arraes, à esquerda (Foto: Divulgação (Facebook))
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A candidata à prefeitura do Recife Marília Arraes (PT) prometeu, nesta quarta-feira (7), reduzir em mais de 20% o número de cargos comissionados no Executivo municipal, caso seja eleita. De acordo com a postulante, "a desburocratização tem que ser feita em diálogo com o empresariado. Sem dúvida alguma, não dá para sair com a proposta pronta do gabinete. A redução da máquina pública é inevitável".

"A gente tem, sim, a proposta de já começar com a reforma administrativa, com mais de 20% de corte 'na carne' em relação aos cargos comissionados", acrescentou Marília em um debate organizado pelo grupo de empresários "Movimento Atitude Pernambuco".

A petista afirmou que pretende gerar renda para a população atingida pela pandemia do coronavírus. "Sobre a geração de renda, que é importante a partir do próximo ano, depois da recessão com a crise sanitária, não dá para a gente propor simplesmente distribuir crédito, quando, na verdade, o orçamento proposto pelo candidato do prefeito é de R$ 20 milhões ao longo de quatro anos", continuou. 

A medida "geraria cerca de 1.500 créditos por ano", de acordo com a candidata. "Isso não resolve o problema do Recife. A gente vai destinar 1% do orçamento, que dá cerca de R$ 50 milhões, para a criação de um fundo de aval. Já conversamos com o Sebrae, já elaboramos uma proposta que é viável e que vai funcionar de verdade no Recife", disse. 

Segundo a pesquisa Ibope, divulgada na última sexta-feira (2), apontou que Marília está na terceira posição, com 14% das intenções de voto, atrás do ex-ministro Mendonça Filho (DEM), com 19%, e de João Campos, do PSB (23%). Este último é bisneto de Miguel Arraes e filho do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos.

A pesquisa teve margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247