Movimentação de cargas no Itaqui cresce 20%

Com estrutura apropriada e projetado para expandir ainda mais, o Itaqui movimentou cerca de 20% a mais de cargas que o registrado nos dois primeiros meses do ano passado; a meta do Itaqui para 2014 é bater o recorde histórico para o porto e movimentar 17 milhões de toneladas; os graneis líquidos retomaram o crescimento e fecharam com um percentual aproximado de 10% a mais que o movimentado em janeiro desse ano, foram cerca de 620 mil toneladas movimentadas em fevereiro

Com estrutura apropriada e projetado para expandir ainda mais, o Itaqui movimentou cerca de 20% a mais de cargas que o registrado nos dois primeiros meses do ano passado; a meta do Itaqui para 2014 é bater o recorde histórico para o porto e movimentar 17 milhões de toneladas; os graneis líquidos retomaram o crescimento e fecharam com um percentual aproximado de 10% a mais que o movimentado em janeiro desse ano, foram cerca de 620 mil toneladas movimentadas em fevereiro
Com estrutura apropriada e projetado para expandir ainda mais, o Itaqui movimentou cerca de 20% a mais de cargas que o registrado nos dois primeiros meses do ano passado; a meta do Itaqui para 2014 é bater o recorde histórico para o porto e movimentar 17 milhões de toneladas; os graneis líquidos retomaram o crescimento e fecharam com um percentual aproximado de 10% a mais que o movimentado em janeiro desse ano, foram cerca de 620 mil toneladas movimentadas em fevereiro (Foto: Itevaldo Junior)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Maranhão 247 - No mês de fevereiro, o Itaqui movimentou cerca de 1,08 milhão de toneladas de cargas. Cerca de 100 mil toneladas a mais que o registrado em janeiro de 2014. No acumulado do ano, o porto maranhense está com aproximadamente 2 milhões de toneladas de cargas movimentadas. Cerca de 20% a mais que o registrado nos dois primeiros meses do ano passado. A meta do Itaqui para 2014 é bater o recorde histórico para o porto e movimentar 17 milhões de toneladas.
Os bons resultados alcançados são reflexos do plano de negócios da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), gestora do Itaqui. Aliados a uma gestão focada em resultado, que integra políticas de qualidade, preservação ambiental, segurança e saúde do trabalho, estão à eficiência multimodal que eleva o Itaqui a uma solução logística. Atualmente o Itaqui oferece estrutura para operar todas as cargas a que se propõe.
“O Itaqui está planejado para crescer”, enfatizou Luiz Carlos Fossati, presidente da Emap. Ele se refere ao plano de expansão da infraestrutura portuária que inclui a construção do acesso ferroviário, do Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram), do Berço 108 a reforma dos berços 102 e 101 entre outros projetos.
Os graneis líquidos retomaram o crescimento e fecharam com um percentual aproximado de 10% a mais que o movimentado em janeiro desse ano. Foram cerca de 620 mil toneladas movimentadas em fevereiro. Vale lembrar que o Itaqui é entreposto para os derivados e em fevereiro foi registrado aumento no volume dessa carga destinada ao abastecimento do Maranhão e regiões próximas em torno de 12%. Ao compararmos os resultados dos dois primeiros meses do ano de 2013 com 2014, temos um crescimento com o percentual de 6%.
Os graneis sólidos também registraram crescimento considerável, 42% nos dois primeiros meses desse ano quando comparados ao mesmo período do ano passado. Em janeiro foram movimentadas 440 mil toneladas de graneis sólidos. Destaque as 65 mil toneladas de soja, o ferro-guza com 156 mil tons, fertilizante com 19 mil tons, cobre com 63 mil tons. Outro marco para o Itaqui é a diversidade nas cargas. Três novos produtos incrementam o portfólio de cargas do Itaqui: coque, soda cáustica e celulose. Os três respondem por 31 mil toneladas de cargas.
Com uma forte vantagem competitiva, a Empresa Maranhense de Administração Portuária se organiza para participar da 20ª edição da Intermodal South América, que acontece de 1º a 03 de abril, no Transamérica Expor Center em São Paulo. O evento é a segunda maior Feira de Logística, Transporte de Cargas e Comércio Exterior do mundo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email