Policiais encapuzados ocupam outro batalhão em Sobral

Muitos dos militares que ocupam a Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), em Sobral, interior do Ceará, estavam amotinados no batalhão em que o senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado

Policiais paralisam e violência assusta o Ceará
Policiais paralisam e violência assusta o Ceará (Foto: JOSE WAGNER/GOV. CE)

247 - Policiais militares encapuzados tomaram um outro batalhão da PM no Ceará na madrugada desta sexta-feira, a Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), em Sobral, interior do estado.

Muitos dos militares que ocupam o local estavam amotinados no batalhão em que o senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado, após partir para cima dos manifestantes com uma retroescavadeira.

O vereador de Sobral Sargento Ailton confirmou a nova ocupação. "O pessoal recuou da ocupação do outro batalhão [3º Batalhão da PM] por estratégia depois de tudo que aconteceu e agora ocupou essa outra sede, sem problema algum. A ideia é ficar por aqui até existir um acerto entre o governo e as lideranças dos policiais em Fortaleza", disse, conforme relato do jornal Folha de S.Paulo.

Nesta quinta-feira (20), quatro batalhões da Polícia Militar em Fortaleza e em Caucaia, na Região Metropolitana, amanheceram fechados. 

Policiais reivindicam uma reestruturação salarial da categoria. De acordo com a proposta do governo enviada à Assembleia Legislativa, o salário-base de um soldado será de R$ 4,5 mil, com aumento progressivo até 2022. O salário atual da categoria é de R$ 3,2 mil. A proposta inicial, rejeitada pelos policiais, era aumento para R$ 4,2 mil até 2022.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247