PSOL pede audiência, mas secretário da Bahia não recebe lideranças para falar sobre morte de miliciano

Em Salvador, o presidente do PSOL, Juliano Medeiros, disse que a direção do partido pediu audiência com o secretário de Segurança da Bahia, mas não foram recebidos

Juliano Medeiros
Juliano Medeiros (Foto: Divulgação)

247 - O presidente do PSOL, Juliano Medeiros, disse em sua página nas redes sociais que o secretário de Segurança da Bahia, Maurício Barbosa, não recebeu a direção da legenda que pediu audiência para tratar sobre a operação que resultou na morte do ex-policial do Bope e miliciano Adriano da Nóbrega.

"Estou em Salvador. A Direção do PSOL da Bahia havia solicitado audiência com o Secretário de Segurança, Maurício Barbosa, para obter mais informações sobre a operação que redundou na morte de Adriano da Nóbrega. Mas parece que o secretário optou por não nos receber. Por que?", questionou Juliano Medeiros.

A legenda enfatiza que a audiência com a Secretaria de Segurança Pública é para obter mais informações, uma vez que Adriano da Nóbrega era peça-chave para revelar os mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista, Anderson Gomes.


Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247