Cinco cidades do Ceará cancelam carnaval por falta de segurança

A Prefeitura de Paracuru (CE), por exemplo, diz que a paralisação de policiais gera "impossibilidade de garantir segurança adequada aos foliões"

(Foto: Reprodução)

247 - Pelo menos cinco cidades do Ceará cancelaram o carnaval pro falta de segurança. Policiais paralisaram as atividades em busca de reajuste salarial. A Prefeitura de Paracuru diz que a paralisação de policiais gera "impossibilidade de garantir segurança adequada aos foliões".

"Avaliei o momento com toda a cautela e, em nome da segurança, não só dos nossos cidadãos como dos visitantes, cheguei à conclusão de que devíamos cancelar as festividades previstas a partir do dia de hoje", afirmou o prefeito de Paracuru, Eliabe Albuquerque, nesta sexta-feira (21).

Nos municípios de Milagres, Paraipaba, Forquilha e Canindé também não haverá festa de Carnaval.

Policiais reivindicam uma reestruturação salarial da categoria. De acordo com a proposta do governo enviada à Assembleia Legislativa, o salário-base de um soldado será de R$ 4,5 mil, com aumento progressivo até 2022. O salário atual da categoria é de R$ 3,2 mil. A proposta inicial, rejeitada pelos policiais, era aumento para R$ 4,2 mil até 2022.

O Ceará registrou o período mais violento do ano entre 6h de quarta-feira (19) e 6h de quinta. Foram 29 assassinatos no estado, de acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247.Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247