Túlio Gadêlha anuncia candidatura à Prefeitura do Recife

O deputado Túlio Gadêlha (PDT-PE) anunciou que disputará a Prefeitura do Recife. Era especulado que o parlamentar seria vice na chapa do deputado federal João Campos (PSB) ou da deputada Marília Arraes (PT). "O PDT vem afirmar que terá candidatura a prefeito na cidade do Recife", afirmou o pedetista em coletiva de imprensa

Deputado Túlio Gadêlha retira candidatura para Prefeitura de Recife (Pernambuco)
Deputado Túlio Gadêlha retira candidatura para Prefeitura de Recife (Pernambuco) (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Túlio Gadêlha (PDT-PE) anunciou nesta quarta-feira (29) que disputará a Prefeitura do Recife. Era especulado que o parlamentar seria vice na chapa do deputado federal João Campos (PSB), filho do ex-governador Eduardo Campos, ou da deputada Marília Arraes (PT).

"Mesmo reconhecendo a importância histórica do PSB aqui no estado, e mesmo reconhecendo o momento que vivemos no Brasil, com uma aliança que tenta apresentar um projeto alternativo nesse campo progressista, o PDT vem afirmar que terá candidatura a prefeito na cidade do Recife", afirmou o pedetista em coletiva de imprensa. 

"Eu acredito que essa frente se constrói olhando para o Brasil, e que por conta disso podemos dar opções aos eleitores da cidade do Recife com projetos distintos, com olhares diversos para a cidade", acrescentou. 

Gadêlha tem o apoio do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e do ex-presidenciável Ciro Gomes (CE), que não tem uma relação tão amistosa com o PSB desde 2018, quando o partido optou pela neutralidade na eleição presidencial. A sigla fez um acordo nacional com o PT que terminou no isolamento da legenda pedetista e também culminou na retirada de uma eventual candidatura de Marília Arraes ao governo de Pernambuco. 

"Como um partido com a história do PSB, de Miguel Arraes, de tantas lideranças no campo nacional pode declarar neutralidade? O único candidato que teria chance naquela eleição de vencer o presidenciável à época Jair Bolsonaro era o candidato Ciro Gomes e tivemos essa declaração de neutralidade em 2018. Por isso eu tenho acertado na avaliação, e a avaliação de uma candidatura no Recife é imprescindível até para a consolidação e fortalecimento de um projeto nacional do PDT", disse Gadêlha. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247