Vazamento de petróleo chega à foz do Rio São Francisco

Novos dados do Ibama mostram que quase 40% das cidades litorâneas do Nordeste já foram afetadas pela borra de petróleo que chegou no litoral no início de setembro. A prefeitura de Piaçabuçu, em Alagoas, afirmou que o vazamento chegou à foz do rio São Francisco

Mancha de petróleo toma conta de praias do Nordeste
Mancha de petróleo toma conta de praias do Nordeste (Foto: Reprodução/TV Gazeta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Novos dados do Ibama mostram que quase 40% das cidades litorâneas do Nordeste já foram afetadas pela borra de petróleo que chegou no litoral no início de setembro. A prefeitura de  Piaçabuçu, em Alagoas, afirmou que o vazamento chegou à foz do rio São Francisco.

A reportagem do jornal O Globo destaca que "os nove estados nordestinos foram impactados, mas com intensidades diferentes. Sergipe e Pernambuco tiveram 71% de suas cidades litorâneas com ocorrências de presença de óleo. Em seguida aparecem os estados do Maranhão, com 66%, e Paraíba, com 60%."

A matéria ainda acrescenta que o "Rio Grande do Norte teve 43% dos seus municípios no litoral afetados enquanto Ceará teve 35%. Entre os que tiveram menor impacto, estão Piauí (25%), Maranhão (24%) e Bahia (8,5%). Na segunda-feira, o ministro do meio-ambiente Ricardo Salles disse que equipes do Ibama e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio) recolheram mais de 100 toneladas de borra de petróleo na costa do Nordeste."


Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247