10 razões para não privatizar a Cedae

Contra o plano de privatização proposto pelo Estado do Rio de Janeiro, circula no WhatsApp e nas redes sociais um vídeo que além de divulgar uma petição pública cotra a venda da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), aponta 10 motivos pelos quais a privatização da água seria danosa à população e ao próprio Estado; com a privatização, a gestão de Luiz Fernando Pezão (PMDB) conseguiria crédito para contrair um empréstimo de R$ 3,5 bilhões; campanha cita exemplos de grandes cidades no mundo, como Barcelona, Atlanta e Buenos Aires, que privatizaram a água e acabaram voltando atrás, além de dizer que a companhia é rentável, cujo lucro foi de R$ 1 bilhão em dois anos

Contra o plano de privatização proposto pelo Estado do Rio de Janeiro, circula no WhatsApp e nas redes sociais um vídeo que além de divulgar uma petição pública cotra a venda da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), aponta 10 motivos pelos quais a privatização da água seria danosa à população e ao próprio Estado; com a privatização, a gestão de Luiz Fernando Pezão (PMDB) conseguiria crédito para contrair um empréstimo de R$ 3,5 bilhões; campanha cita exemplos de grandes cidades no mundo, como Barcelona, Atlanta e Buenos Aires, que privatizaram a água e acabaram voltando atrás, além de dizer que a companhia é rentável, cujo lucro foi de R$ 1 bilhão em dois anos
Contra o plano de privatização proposto pelo Estado do Rio de Janeiro, circula no WhatsApp e nas redes sociais um vídeo que além de divulgar uma petição pública cotra a venda da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), aponta 10 motivos pelos quais a privatização da água seria danosa à população e ao próprio Estado; com a privatização, a gestão de Luiz Fernando Pezão (PMDB) conseguiria crédito para contrair um empréstimo de R$ 3,5 bilhões; campanha cita exemplos de grandes cidades no mundo, como Barcelona, Atlanta e Buenos Aires, que privatizaram a água e acabaram voltando atrás, além de dizer que a companhia é rentável, cujo lucro foi de R$ 1 bilhão em dois anos (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - Contra o plano de privatização proposto pelo Estado do Rio de Janeiro, circula no WhatsApp e nas redes sociais o vídeo abaixo, que além de divulgar uma petição pública cotra a venda da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), aponta 10 motivos pelos quais a privatização da água seria danosa à população e ao próprio Estado.

Com a privatização, a gestão de Luiz Fernando Pezão (PMDB) conseguiria crédito para contrair um empréstimo de R$ 3,5 bilhões. A campanha cita exemplos de grandes cidades no mundo, como Barcelona, Atlanta e Buenos Aires, que privatizaram a água e acabaram voltando atrás. O vídeo chama atenção ainda para o impacto que a medida teria sobre a população mais pobres, que já não consegue pagar pela água.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247