‘Acordo com OMC favorece exportações brasileiras’

O senador Francisco Dornelles (PP-RJ) qualificou como positivas o resultado da reunião da Organização Mundial do Comércio, realizada em Bali, que fechou acordos que visam facilitar as transações comerciais internacionais e o aperfeiçoamento da administração de cotas de exportação; segundo Dornelles, as mudanças se concentram no processo de administração alfandegária, para evitar burocracia injustificada

Senador Francisco Dornelles (PP-RJ) destaca que a Organização Mundial do Comércio fechou acordos que visam a facilitação de transações comerciais internacionais e o aperfeiçoamento da administração de cotas de exportação
Senador Francisco Dornelles (PP-RJ) destaca que a Organização Mundial do Comércio fechou acordos que visam a facilitação de transações comerciais internacionais e o aperfeiçoamento da administração de cotas de exportação (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Senado - O senador Francisco Dornelles (PP-RJ) qualificou como positivas nesta quinta-feira (19) o resultado da reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC), realizada em Bali, que fechou acordos que visam facilitar as transações comerciais internacionais e o aperfeiçoamento da administração de cotas de exportação.

Trata-se, disse, do primeiro acordo geral em 20 anos, obtido graças aos esforços dos representantes de 150 países. Em especial, salientou o senador, do presidente da OMC, o brasileiro Roberto Azevedo. O acordo, continuou Dornelles, abre perspectivas para a continuidade da rodada de Doha, no que concerne à facilitar o comércio mundial.

Segundo Dornelles, as mudanças se concentram no processo de administração alfandegária, para evitar burocracia injustificada. E isso, lembrou ele, sempre prejudicou os exportadores brasileiros, já que desestimula a venda de seus produtos.

Francisco Dornelles citou também como resultado positivo da reunião os avanços na administração de cotas de exportações de produtos agrícolas por parte de países desenvolvidos, assim como a uniformização de regras.

- O maior êxito da reunião, entretanto, foi manter a relevância institucional da OMC para o comércio de produtos agrícolas, manufaturados e se serviços. Não há alternativa a altura da OMC como provedora de serviços de resolução de disputas comerciais num nível multilateral. Sua inoperância resultaria em aumentos substanciais do custo desses serviços.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247